Sábado, 25 Maio 2019

[Artigo] O Rosário Marrom - "Quem reza o terço limpa a alma" - Côn. Manuel Quitério de Azevedo

 

 

Um belo dia estava celebrando em uma comunidade rural e uma simples senhora, sempre fiel à Santa Missa, rezava em seu simples tercinho, aqueles branquinhos de um real, mas já muito usado por ela. No término da Celebração em vez de eu ir para a sacristia me dirigi ao fundo da Igrejinha e falei com a idosa. Num primeiro instante agradeci sua fiel presença na celebração Eucarística e a parabenizei pelo rosário e sua fervorosa oração. Muito tímida a senhora me pediu mil desculpas pelo seu tercinho estar tão “sujo” e se explicou: “Meu terço era branquinho, mas de tanto rezar ficou marrom, é o umedecido das mãos”. Emocionado, disse-lhe: Seu rosário é a mais autêntica verdade de um cristão católico. A senhora está mostrando para todos nós que quem reza o terço, todos os dias, está sendo fiel a Jesus Cristo, em seus mistérios, Gozosos, Gloriosos, Dolorosos e da Luz, que são ‘caminho, verdade e vida (Jo 14, 6).

A simplicidade desta senhora me ensinou muito. Assim vislumbra as palavras de Jesus: “Bem-aventurados os humildes de espírito porque deles é o reino dos céus (Mt 5,3)”. O mês de maio traz, na sua essência, a mais bela devoção à Santíssima Virgem e os simples o celebram com doçura e apropriado legado cristão. Assim, vemos que a devoção mariana é um abandonar-se aos planos de Deus, numa posição expressiva que indica relação com os mistérios de Cristo e da Igreja. Esta devoção favorece “a união imediata dos crentes com Cristo, ajudando a revelar, num certo modo, as supremas verdades da fé (Lc 2, 19)”. Maria é o grande referencial no qual podemos ver de modo translúcido e claro, “as grandes obras de Deus” (At 2,11). Daqui podemos entender que Maria, desde a sua adesão ao projeto de Deus, abraçou a obra do Filho e vem, insistentemente, derramando sobre a Igreja sua proteção maternal. Eis pois, que Maria está presente nos momentos decisivos da vida de Jesus, desde a Encarnação até a Cruz (Lc 1, 38; Jo 19, 25-27).

Com esta explicação é fácil entender Maria no mês de maio, aliás, muito brasileira. Esta prática de devoção sempre foi motivo para muita gente se aproximar de Deus. Em nossas paróquias vemos grupos de vizinhos que se juntam para rezar o terço. Como é bonito. Com esta prática religiosa vemos com clareza o que diz Pe. Zezinho: “Quem está perto de Maria, nunca está longe de Jesus”. Nos estudos e reuniões de grupo, hoje tão em voga nas paróquias, não se poderia aproveitar o mês de maio para estudar, conhecer e imitar Nossa Senhora? Enfim, não se pode omitir a tradicional e consagrada prática do Rosário à Virgem, oração popular que convém a todos e sempre recomendada pelos Papas. No término desta reflexão, gostaria de fazer uma referência toda particular à coroação de Nossa Senhora. É costume em muitos lugares fazer o encerramento do mês de maio com a festa da Coroação de Nossa Senhora. Nossas paróquias conservam esta tradição com muito cuidado e requinte. O que vemos é uma homenagem singela, muito querida das crianças, que em procissão cantam, levam flores e expressam sua gratidão pelo amor materno de Maria. Podemos aprender com as crianças. Que nossas homenagens a Maria sejam sempre formas de culto de veneração a Nossa Senhora. Que nossas procissões, ladainhas, novenas e coroações procuram inserir Maria Santíssima no mistério de Cristo e da Igreja. Maria é a chave para captar o sentido das coisas de Deus. Através do SIM de Maria à proposta divina de se humanizar, a ligou definitivamente a toda a humanidade. Maria faz parte dos planos da Revelação. Por isso, quem reza o terço limpa a alma. Pense nisso.

 

Côn. Dr. Manuel Quitério de Azevedo

Paróquia São Gonçalo - São Gonçalo do Rio Preto

Prof.º do Seminário de Diamantina e da PUC-MG
Membro da Academia de Letras e Artes de Diamantina - (ALAD).
Membro da Academia Marial - SP

Quem Somos

Mitra Arquidiocesana de Diamantina
Telefone: +55 (38) 3531-1094
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Assessoria de Comunicação
Assessora:
Erika Rodrigues de Souza 
Email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Programador/Designer: Adm. Adriano Leão Oliveira
Coordenação do Sistema: Pe. Lindomar Rocha Mota